Feedback é algo fundamental para o crescimento e quero apresentar hoje os 3 tipos infalíveis de feedback assertivo.

Algumas pessoas enxergam como algo negativo.

Outras enxergam como algo positivo.

Mas, todas as pessoas entendem que se comunicar é muito importante, então fazer um feedback efetivo deve ser uma prática que deve ser buscada, assimilada e aprendida.

Já palestrei sobre este tema e existe no meu Canal do YouTube, este vídeo que estive com os alunos da USP – Universidade de São Paulo (clique aqui) e este vídeo curto sobre o Poder do Feedback (assista aqui).

Já atendi várias pessoas como coach durante estes anos pedindo dicas e estratégias mais assertivas, que dão certo realmente ao invés daquelas estratégias fracas de “vamos tentar para ver se dá certo” ou “eu li num livro que…”

Quero falar hoje com você sobre os 3 Tipos Infalíveis de Feedback Assertivo:

1) Feedback Flash

Inspirado pelo foco na ação imediata e no imediatismo, o feedback flash é constituído de velocidade e persuasão.

Alguns elementos muito importantes que devem ser reiterados são: ambiente, conteúdo e ouvinte.

Preste atenção nos detalhes do ambiente.

Escolha um local que seja neutro para passar um feedback que é mais sensível ou que necessite de elementos mais racionais.

Ficar no mesmo ambiente que a pessoa que está recebendo o feedback trabalha pode prejudicar o sucesso da comunicação passada.

A quebra de padrão aqui é fundamental.

No caso do conteúdo, pense em todas as maneiras possíveis de passar o que tem para o seu ouvinte. Treine e ensaie no espelho ou com pessoas que você confia.

90% do fracasso na comunicação vem da falta de preparo, treino e aquecimento das comunicações verbal, não verbal e psicológica.

Sobre o ouvinte, conheça com quem está falando. Sem “achismos” sobre a sua vida é um plus para profissionais que querem se diferenciar na carreira de gestor ou liderança.

Se você é Coach, preste atenção no histórico, nos testes enviados para o seu Coachee e também na eficiência das técnicas utilizadas por você antes, durante e depois das sessões de coaching.

Conhecimento é poder neste caso, para atingir assertivamente o ponto com velocidade.

2) Feedback Time

Aqui a palavra da vez é TEMPO.

Invista seu tempo para criar confiança e relacionamento.

Muitos livros e estudos dizem apenas que o feedback é pontual e deve ser feito objetivamente.

Isso é só blá blá blá, afinal na hora da prática, existem fatores muito mais importantes para o sucesso de uma comunicação que nenhum livro vai te ensinar.

Apenas a vida com os seus aprendizados e suas experiências de carreira pode te ensinar que cada pessoa e cada colaborador, usa várias técnicas de comunicação e você pode usar uma bem conhecida como “rapport” para copiar os detalhes físicos estruturais da pessoa, criando identidade pessoal e semelhança biológica, o que aumenta o sucesso do relacionamento no longo prazo.

Não perca de vista que existe um objetivo, mas o investimento de tempo no longo prazo vai te trazer muito mais resultados do que o desespero de métricas fracas de análise de desempenho que não levam em consideração o plano de carreira.

3) Feedback Mentoring

No caso do feedback mentoring, o foco é aprender com quem sabe mais. Não adianta crescer testando com quem ainda não sabe o caminho.

Na programação neurolinguística chamamos isso de modelagem, então você pode modelar o seu sucesso na sua comunicação seguindo outras pessoas que já chegaram lá.

Faça uma lista de 10 pessoas que admira em determinadas habilidades que gostaria de desenvolver e entre em contato com elas.

Como Jim Rohn disse uma vez, você é a média das 5 pessoas que mais convive, portanto pense muito bem em suas amizades, pessoas que segue no Facebook, Snapchat, Instagram, pense nos vídeos que você assiste no YouTube.

Jim Rohn

Outra dica matadora é prestar atenção na sua hora perdida com TV, notícias e fofocas. Um indicador muito bacana é você abolir esse tipo de lixo que ocupa seu tempo junto com aquelas mensagens e grupos do WhatsApp que dominam seu iPhone ou Android, te fazendo perder tempo precioso que poderia ser usado para a sua própria prosperidade.

Uma diferença interessante que comentei no vídeo foi sobre Coaching e Mentoring.

Quando falamos de Coaching focamos em programas de desenvolvimento de curto prazo mesmo, como 90 dias, ao contrário do Mentoring que tem uma duração acertada entre as partes, mas em sua maioria com duração superior a 1 ano.

Mentoring é fundamental em seu crescimento e, falando sobre feedback mentoring pode te ajudar a esculpir as arestas que faltam para uma comunicação impecável.

Deixe seu comentário abaixo: